O abraço



Qual o valor de um abraço sincero? Muitas pessoas não entendem o real significado de um singelo abraço... Usado no momento certo, esse simples ato tem poderes que vão além do nosso entendimento!
Só aprendemos a dar valor quando realmente precisamos de um, e nessas horas um abraço vale mais que mil palavras. Quem nunca se encontrou sozinho, triste, em alguma situação e de repente fechou os olhos e imaginou um abraço confortante da mãe? Ou já esteve em momentos tristes em que não queriam conversar e apenas pediram "Me da um abraço?".
Pois é, um abraço pode representar várias coisas, começando por um simples "Que bom revê-lo!", ou também "estou com você pro que der e vier."; Como é bom receber um abraço amigo reconhecendo sua vitória, ou consolando sua derrota. Não importa a situação, o importante é o ato de carinho e conforto que se troca com tal atitude! Aliás, você já abraçou alguém hoje?
O abraço é uma forma de perceber e reconhecer o outro, não só como um próximo, mas como um semelhante.
Por isso abracem o mundo, as pessoas, abrace a vida! E esteja sempre de peito aberto para aceitar tal gesto.
Sem mais, um abraço pra vocês!
(Pedro Vlan)

3 comentários:

  1. "Abraçar é encostar um coração no outro!", já dizia Rita Apoena.

    Um grande e forte abraço pra você, Galo!

    ResponderExcluir
  2. Todo momento é momento de abraçar, pelo menos é a minha opinião. Abraço é a forma mais sincera de demonstrar o quanto alguém é feliz por ter aquela pessoa ao lado.

    Portanto, sem vergonha, sem medo, sem achar que é uma simples coisa boba... ABRACE MESMO!

    Adorei o texto.

    Beijinhos!

    Vanda Ferreira: http://vanda-ferreira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Cristina Casavechia3 de maio de 2010 18:05

    Acho que não paramos para pensar perceber o valor e a impotância que tem o abraço em nossa vida, pois ele tem muitos significados, expressamos e partilhamos nosssos sentimentos de alegria, tristeza, saudade, dor e perda. Ele é uma resposta natural de nossos sentimentos. O abraço é um remédio, sem contra indicação eo mais interessante é que não há maneira de dá-lo sem ganhá - de volta. Portanto abrace, abrace muuuuito.
    Beijos !!!!!
    Cristina Casavechia

    ResponderExcluir